Novidades em Setembro?

Este ano é diferente… vou perder a primeira quinzena de todas as boas intenções, ficam apenas 15 dias para lidar uma vez mais com um quadro comum. Por vezes resta-me a impotência de continuar a ver as pessoas a cair na mesma história, sem se aperceberem do quanto estão a fazer mal ao corpo… dieta restrita 1 semana, treino como um atleta de elite e em Março 2018 depois logo voltamos a tentar a operação Verão…”Insanidade é esperar resultados diferente fazendo sempre o mesmo” Albert Einstein

O Quadro

– Homem 1, 75m e 82Kg / Mulher 1,63m e 65kg
– Este ano não gostaram de se ver na praia
– A massa gorda deu no homem 25% e na mulher 37%, não são obesos mas têm uns pneus que dispensavam…
– Ela já fez as dietas todas do mercado, ele diz que fazer dieta não vale a pena mas corre umas 2-3x por semana para poder comer

A prescrição do costume 

  • 3 treinos por semana , 1h cada
  • 15minutos de cardio para aquecer
  • Um circuito de 3×20 de 10 máquinas que nem sabem o nome, ele mais tronco e ela faz “mais bunda”
  • 15 minutos Abdominais, porque calha a apanharem a super aula de core naquela hora…
  • 15 minutos de cardio e depois alongam como está no boneco

Como quem come todos os dias bitoque no restaurante ao lado da empresa…

A realidade

Ao  fim de 1 mês ela vai mais ao zumba do que à sala, ele corre na passadeira 1h em vez de treinar e depois faz os abdominais para perder a barriga

1 ou 2x por mês atrevem-se a ir a uma aula de pump ou combat ou hiit, depois ficam 1 semana sem conseguir mexer-se (“grande treino!!”)

Ela até tenta fazer o plano alimentar que lhe foi prescrito na consulta de 20 minutos que o ginásio “oferece” na factura

Ele queima os excessos à mesa com mais 1h de corrida extra à hora de almoço…

Ao fim de 3 meses vem o Natal e ou saem de vez do ginásio ou pagam o direito de ir lá menos de 3x por mês.

Aparecem na consulta com uma frase dita quase em coro: “não gosto de ginásios”

A minha resposta: compreendo perfeitamente, com esse quadro bem pintado, até eu os odeio… acontece que isso não é um ginásio, é uma casa com máquinas de exercício de que paga a renda para ter o direito a utilizar. Comigo é NO BULLSHIT!

E fixe bem: Quando o limão arde na ferida, a culpa NUNCA é do limão!

O meu conselho?

Há bons e maus profissionais em todas as áreas, não julgue ninguém desse ginásio porque eles estão a vender o que pessoas como os senhores querem comprar. A resposta instantânea a uma boa intenção tomada no pôr do sol da ultima noite de Verão…

Este é um caminho sinuoso… e não é uma linha recta, vai ter de saber fazer curvas e ou está preparado/a para aceitar ou mais vale nem começar. E eu acho que vale sempre a pena quando a alma não é pequena.

Há 3 verdades que deve tomar como absolutas se quer realmente transformar-se e tirar partido desse investimento (monetário e de intenções):

  • O objetivo de um treino (e de uma prática de exercício) é construir um corpo saudável, fisicamente activo, com uma postura correcta e capaz de fazer esforços do dia a dia com facilidade (carregar sacos, malas, subir escadas, etc.), não é queimar calorias da mesa
  • Um treino adequado deve ser prescrito por um profissional que realmente avalie e acompanhe a sua execução e não deixe simplesmente uma folha de treino para fazer até ter a próxima avaliação física. E por isso mesmo, sim! Um PT compensa
  • Um requisito essencial para a eficácia desta missão passa por promover a PROGRESSÃO, ou seja, o aumento gradual da intensidade/dificuldade do esforço e isso está longe dessa teoria de que 15min passadeira no início , movimentos mecanizados (3×20…) e que fazem parecer com que qualquer aula é melhor do que a sala. Mesmo se tem um nível mais exigente do que a preparação do indivíduo.

E quando eu digo isto a uma pessoa na primeira consulta, a minha intenção é a de promover o melhor resultado possível. Pretendo, além disso, fazer com que a pessoa fique alerta para algumas coisas no treino que podem estar a prejudicar por um lado os resultados na composição corporal e por outro a pôr em causa se vai continuar a fazer exercício. Felizmente algumas pessoas ficam alerta e modificam pequenos elementos no treino e outras “chateiam” mais quem de direito (os instrutores) para fazerem algo diferente do chapa 5.

Sim…Estou muito mal habituada, treino num ginásio e conheço outros onde estimulam todas as capacidades físicas de um indivíduo no treino de acordo com o seu objetivo mas onde mesmo assim há pessoas que chegam lá e quando lhes apresentam um treino diferente de passadeira, 3×20, abdominais sem fim, acham que não resulta… e desmentem o treinador.

Somos seres complicados…não somos?

 

Esta entrada foi publicada em Sem categoria com as tags , , , , . ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.