Quer transformar o seu corpo? Evite estes 5 erros.

O objetivo de transformar o corpo leva muitas pessoas a precipitarem-se e a desistir muito antes de terem completado 30% do objetivo. Quem trabalha na área sabe que a percentagem de sucesso é baixa mas se ninguém conseguisse aí sim era motivo para nos preocuparmos porque seria impossível.

“Tudo parece impossível até ser feito” 

Posto isto, vamos analisar os 5 embustes mais frequentes:

1- A expectativa da perfeição 

Acredita realmente que vai passar 60 ou mesmo 90 dias sem falhar um só dia e depois, quando erra, perde o norte porque sai de tal forma da rotina que sente que estragou os resultados e já dizia o ditado “perdido por 100…”

Não vai ser perfeito… vai ter altos e baixos e 90 dias não são nada na sua vida, um ano são 365 dias… o que são 90 dias numa vida de 80-90 anos?

2- Muda tudo de uma vez

A par de acreditar na perfeição, quer fazer tudo ao mesmo tempo: alimentação restrita, treino espartano, estilo de vida de monge…

Demoramos em média 21 dias a adquirir UM hábito e quer mudar todos os seus hábitos ao amanhecer…

Este erro é muito frequente em quem considera as transformações períodos limitados no tempo e sem reflexo nos hábitos e estilo de vida que realmente gostam de ter.

3- Se não corre bem, muda o objetivo… 

“Os objetivos escrevem-se na pedra, os planos na areia.”

O objetivo é seu, é muito frequente quando não o escreve, esquecer frequentemente e dar desculpas mentais. Como não tem de se justificar a ninguém… é mais fácil, ou parece… depois vem a desilusão.

4 – Procrastina (eternamente)

Vou começar dia… Se quer realmente, comece já! Adapte-se às circunstâncias, aprenda a improvisar, saiba estabelecer pontos de controlo e não deixe para a próxima segunda, próximo dia 1, próximo 1 de Janeiro. Aqui sim… a sua vida vai passar bem depressa e nunca chega a começar.

5 – Investe antes de começar 

Já comprou esse pacote de suplementos, já pagou 1 ano de ginásio, foi a uma consulta de nutrição mas… ainda não fez nada por si! Nenhum desses passos lhe tira a responsabilidade dar o primeiro passo e muitas vezes deita a responsabilidade para fora precisamente porque não percebeu ainda a peça chave deste processo…

 

Posto isto… do que está à espera para começar!?

Esta entrada foi publicada em Dietas, Nutrição com as tags , , , , . ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *